Quarta-feira, 20 de Dezembro de 2006

 

 

 

 

Natal! Noite de Natal!...

Noite sagrada!...

Festa das filhoses,

Dos sonhos,

Das fatias douradas!...

 

O Toco levantado no meio da praça...

Frio de rachar...

Os pingos congelados

Nos beirais

E a gente arrepiada

Só de ir à rua.

 

A missa do galo à noite...

A Igreja, Abarrotada de gente,

Cheirando a flores, a velas

No presépio, a Gruta, a Estrela,

O Menino, a Mãe, S. José,

O burro, a vaquinha, os magos

E o Padre Chico na sua casula branca a cantar:

«Glória no Céu, paz na terra,

Para a gente de boa vontade..»

 

À saída

A gente vinha a cantar,

A rir… abraçando-se,

Ateava-se o toco…

Labaredas incendiando os muros...

Gritos,

Bombas de foguetes,

Confusão,

Faúlhas a subirem no ar,

O garrafão do Zé Santo

De mão em mão,

A concertina do Zé Laranja a tocar

E todos em roda a cantar:

«Entrai pastores entrai, por esses portais adentro…

Vinde adorar o menino, que está em palhas deitado…»

 

Depois,

Cada um tomava o caminho de casa,

Espevitávamos a lareira,

Grandes troncos ardendo,

O fumeiro, por cima, a secar,

As meias das crianças penduradas na chaminé,

A família sentada, em redor da mesa,

Naquela moleza de barriga farta,

O bacalhau, as couves, as batatas, regados com o fio de azeite

O vinho novo da pipa, os doces da avó… Aletria! Arroz doce!

E lá fora grupos de rapazes, a cantarem ao desafio:

«Natal Natal… Natal Natal…

Filhós com vinho não fazem mal!...»

 

A cantiga afastando-se:

O vento a trazendo, O vento a levando…

Sumindo-se com a noite…

De ali a nada… O Carlos grande e o Carlos pequeno

Rabugentos! Cabeceando de sono!

A Fátima com a sua boneca de trapo!

A irem para a cama levados ao colo…

O Avô João sentado na cadeira de palha, ao lume,

Eu nos joelhos dele a ouvir-lhe as histórias

E a avó Maria da Luz limpando os olhos com a ponta do avental

A sacudir aquela aguadilha que teimava em aparecer-lhe…

De tanta felicidade.

 

O lume morria…

A torcida da candeia esmorecia…

O avô tirava do bolso uma goluseima, levantava-se:

«Em Nome do Pai, do Filho, do Espírito Santo, Ámen…»

 

E ia-mo-nos deitar…

 

 

 



publicado por Manuel Maria às 12:06 | link do post | comentar

mais sobre mim
Março 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


posts recentes

PELO NOSSO IRMÃO MARCOS, ...

Canção do Volfrâmio

Bom Natal a todos!

O Primeiro Lugar da Poesi...

dramátia Aldeia ao abanon...

RAMOS ROSA E O SEGREDO O...

Recuperação do Património...

As viagens Iniciàticas de...

Os Talassas

Saudade Estranha

Tradição e Pragmatismo

Romance da Branca Lua

Cavaco e o canto da Maria

Crónica do Bairro Alto – ...

Uma História do Arco Da V...

Chá de Erva da Jamaica

Cada cabeça sua sentença!

Tribunal Constitucional ...

Até um dia, companheiro!

Meu último quadro

Paul, o dragão

A Terra Dos Cegos

A venda de uma vaca

Os Insensatos

Nostálgia...

O "Assalto" ao Castelo d...

A Conjura dos Animais

Lenda do Cruzeiro de Saca...

Boas festas!

tatoo

arquivos

Março 2014

Fevereiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Dezembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Junho 2011

Maio 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

links
blogs SAPO
subscrever feeds