Segunda-feira, 16 de Março de 2009

 

 

 

Chama-se “Atlântida” o ferry que Governo Regional dos Açores, através da “Atlânticoline”, encomendou, por 40 milhões de euros, aos Estaleiros Navais de Viana do Castelo (ENVC).

O barco já devia ter sido entregue em Maio de 2008, e faz parte do pacote de quatro que o Governo dos Açores anunciou para dotar o arquipélago «mas os problemas de projecto e de execução foram tantos que o prazo de entrega já derrapou para 13 de Maio próximo. O maior deles era o da estabilidade em avaria, que se estendeu depois à própria estabilidade intacta (em condições normais). No relatório de Fevereiro do Instituto Portuário e de Transportes Marítimos (IPTM), que supervisiona a segurança dos navios e os certifica, ainda lhe eram apontadas mais de 100 reservas e observações.» in Expresso de dia 14-03-09

E a saga continuou, com mais 10 milhões de euros ao orçamento inicial: «Para a corrigir, lastraram-no e reduziram a capacidade de carga do navio de 800 para 600 toneladas (menos viaturas). Foi invocada uma excepção à Convenção de Solas (segurança marítima) para ter menos baleeiras, mas com isso o navio não pode afastar-se a mais de 200 milhas de um porto. E colocaram-lhe a toda a volta um apêndice, uma espécie de "aba" (defensas) que segundo o IPTM pode desequilibrar a descida dos salva-vidas e, consequentemente, lançar os seus ocupantes ao mar. O navio ficou mais pesado e a capacidade de desenvolver velocidade menor. […] O navio afundou meio metro - e criou-se um novo problema com a altura das rampas de acesso nos portos. […] Face à reclamação de que o peso da âncora não era suficiente, foi aumentada a corrente, sem ponderar que em muitas baías do arquipélago não há espaço para tal» Ibidem.

O “Atlântida” bem poderá ser a glória do Governo Regional dos Açores, mas só mesmo com um milagre de Maio navegará. Gastaram uma maquia daquelas, que o pudor me impede de escrever, num ferry cujas tendências em mar alto são para se deitar e que só navega com terra à vista; é o que significa ”problema na estabilidade intacta” e “não poder afastar-se mais de 200 milhas de um porto” -quero ver como o levam de Viana aos Açores! Como isso não bastasse, “colocaram-lhe uma espécie de aba que pode desequilibrar a saída dos salva-vidas e lançar os ocupantes ao mar”. Se algum dia alguém embarcar naquele esquife a hélice, que faça disposições de última vontade!

Ainda não saiu do estaleiro e já “afundou meio metro”… Aquilo, meus senhores, é uma grande jangada que Carlos César encomendou, para submergir, com lastro e âncora, no mar dos Açores, como a lendária Atlântida!

Enfim… O Honrado Governo dos Açores, quis dotar as ilhas de uma carreira marítima. Nada mais justo. Mas justificava-se que gastassem 50 milhões num barquinho de papel?



publicado por Manuel Maria às 11:12 | link do post | comentar

mais sobre mim
Março 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


posts recentes

PELO NOSSO IRMÃO MARCOS, ...

Canção do Volfrâmio

Bom Natal a todos!

O Primeiro Lugar da Poesi...

dramátia Aldeia ao abanon...

RAMOS ROSA E O SEGREDO O...

Recuperação do Património...

As viagens Iniciàticas de...

Os Talassas

Saudade Estranha

Tradição e Pragmatismo

Romance da Branca Lua

Cavaco e o canto da Maria

Crónica do Bairro Alto – ...

Uma História do Arco Da V...

Chá de Erva da Jamaica

Cada cabeça sua sentença!

Tribunal Constitucional ...

Até um dia, companheiro!

Meu último quadro

Paul, o dragão

A Terra Dos Cegos

A venda de uma vaca

Os Insensatos

Nostálgia...

O "Assalto" ao Castelo d...

A Conjura dos Animais

Lenda do Cruzeiro de Saca...

Boas festas!

tatoo

arquivos

Março 2014

Fevereiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Dezembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Junho 2011

Maio 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

links
Visitas
blogs SAPO
subscrever feeds