Quarta-feira, 27 de Junho de 2007

 

 

 

            Conheci Aqui uns portugueses; pessoas bem divertidas. Sábado à noite fui com eles jantar à “Palmerie”, na estrada para Casablanca. È um grande bosque de palmeiras na vale de L’Houz, arredores da cidade, com grandes lagos e jardins, estendendo-se por 13.000 hectares. Aí fica um complexo turístico de cinco estrelas, com lagos, campos de golfe, piscinas, restaurantes, formando um enorme oásis entra a cidade e os arredores. Ao longe ficam os cumes do Gueliz, que nesta altura do ano já perderam o brilho da neve.

            O restaurante que escolhemos tem uma grande cozinha em regime de self—service, com sala de jantar prolongando-se pela esplanada, num olival. Percorremos a colunata que vai da recepção à cozinha e atravessando esta, à saída, o assistente do “maitre” vindo ao nosso encontro, perguntou-me em francês perfeito para quantos desejava mesa. Quando percebeu que éramos portugueses, descoseu-se:

            - Puxa cara – abriu um sorriso- portugueses... e a gente enrolando no francês... podemos falar português!

            Era brasileiro, de nome Pedro Santana, natural de Santarém no Pará. Advogado como o pai e irmãos, resolvera fazer uma pausa na profissão e tinha chegado há mês e meio, via Casablanca.

            Achei estranho... vir de tão longe assim, sozinho... sem mais; e porquê e logo para aqui, indaguei.

            - Acha cara? – novo sorriso; desta vez maroto – observe!... –fez pose- agora me diga... acha mesmo?

            Foi então que explicou que viera atrás de Carolina, a linda brasileira a quem ensinei Julian a dirigir uns piropos.

            - Já a conheço... – disse comprometido.

            - Sei... – e estendendo a carta de bebidas – ela contou! Um cara safado lhe chamou gostosa...

- Mas não fui eu...

- Sei... não, cara!

- Foi o Julian!

- Mas quem ensinou o cara foi você... – e divertido- Dá no mesmo...

            Depois de alguma hesitação, escolhemos um vinho rosé. Alguém sugeriu que eu ficasse toda a noite a água.; cada piropo à Carolina, uma garrafa de castigo!

- É para aprender – concordou o Pedro – a não cantar mulher de outro... – e rindo- você me paga, cara!

- Por mim – protestei- e pelo julian...

-         Bem... – condescendeu- esta a gente releva, n´é? – e deixando as garrafas no gelo- fica o aviso, cara... depois não reclama...

A seguir ás garrafas, vieram as entradas, depois o prato principal e as sobremesas. Nessa noite, entre centenas de clientes, os portugueses  foram os únicos com direito a “garçon”; uma gentileza do Pedro, que provocou ciúme nos espanhóis, mesmo ao lado.

Teve outro gesto bonito: Quando soube que apanhava o avião para Casablanca, veio de propósito da “Palmerie” despedir-se; com ele a Carolina.

Trocámos endereços e prometeram visitar-me em Portugal.

 

 

 

 

 



publicado por Manuel Maria às 10:05 | link do post | comentar

1 comentário:
De t.a. a 27 de Junho de 2007 às 15:35
Ensinando a "cantar mulher de outro"...
Também lhe dá para a maroteira de vez em quando?
Faz bem, faz bem.
O riso franco, aberto, é saudável, prolonga os bons momentos e o gosto pelo convívio com gente boa.


Comentar post

mais sobre mim
Março 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


posts recentes

PELO NOSSO IRMÃO MARCOS, ...

Canção do Volfrâmio

Bom Natal a todos!

O Primeiro Lugar da Poesi...

dramátia Aldeia ao abanon...

RAMOS ROSA E O SEGREDO O...

Recuperação do Património...

As viagens Iniciàticas de...

Os Talassas

Saudade Estranha

Tradição e Pragmatismo

Romance da Branca Lua

Cavaco e o canto da Maria

Crónica do Bairro Alto – ...

Uma História do Arco Da V...

Chá de Erva da Jamaica

Cada cabeça sua sentença!

Tribunal Constitucional ...

Até um dia, companheiro!

Meu último quadro

Paul, o dragão

A Terra Dos Cegos

A venda de uma vaca

Os Insensatos

Nostálgia...

O "Assalto" ao Castelo d...

A Conjura dos Animais

Lenda do Cruzeiro de Saca...

Boas festas!

tatoo

arquivos

Março 2014

Fevereiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Dezembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Junho 2011

Maio 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

links
blogs SAPO
subscrever feeds