Terça-feira, 5 de Outubro de 2010

  
 

(A minha República é sexy)

 

 

     Sou republicano porque defendo o governo da opinião maioritária dos homens livres em proveito de todos, manifestada em sufrágio universal e directo.

     Sou republicano porque defendo a igualdade plena, independente de privilégios de raça, nascimento, origem, sexo ou religião, o livre pensamento, a laicidade do estado, a liberdade de expressão, a escola pública como via para o progresso e igualdade, a saúde como direito universal e a liberdade como conquista irreversível. 

    Sou republicano porque tenho a ética e a justiça social como balizas e a Liberdade, Igualdade e Fraternidade como cimento de união entre todos os homens.

  

    Pois que viva a República!

 



publicado por Manuel Maria às 00:25 | link do post | comentar

4 comentários:
De esquadraodelta a 5 de Outubro de 2010 às 00:44
A república... Um grande ideal, belo como todos os ideais

A ironia do destino levou-nos a que 100 depois, o país enfrentasse a maior crise económica e social de sempre. Há 100 anos atrás, a coisa não era muito diferente.

Pergunto-me por isso o que é que fizemos de TÃO MAL para que o país chegasse onde chegou?

Fica a indicação do meu blog: http://esquadraodelta.blogs.sapo.pt/


De Manuel Maria a 5 de Outubro de 2010 às 01:20
A falta de valores republicanos de quem nos governou.


De jose massano a 7 de Outubro de 2010 às 16:58
Já há muito não comentava os seus tão sábios posts, também porque não tem sido tão assíduo a escrever.
Na verdade é indiscutivel um geral desencantamento face ao estado actual das coisas, tudo porque os republicados que nos têm governado sempre se preocuparam em pautar as sua actuação pelos ideiais monárquicos que em 1910 depuseram.
Dos valores republicanos que enumerou nem um consegue identificar no actual regime. Além disso e apesar de em 1910 não ser naturalmente vivo, pelo que leio, os problemas actuais são precisamente os mesmos apontados á monarquia e que a républica visou sanar.
Logo perdemos cem anos na aposta num regime que demonstrou ser corrupto, fácil presa do capitalismo selvagem e por isso mesmo, explorador dos mais desfavorecidos.
O que fazer?
Diga - me você que já demonstrou se filósofo e profundo conhecedor da causa pública!
Um abraço
do colega e amigo José Massano.


De Manuel Maria a 8 de Outubro de 2010 às 08:46
A República falhou na educação cívica da pulação. E não tendo a nação elites dirigentes desde Alcácer-Quibir, os governantes têm saído do povo, que sendo civicamente inculto, transmite à classe dirigente dele origináriai a cultura da irresponsabilidade.
Em suma; os nossos governantes são incompetentes, porque o povo é politicamente inculto. E isto é um problema que não se resolve numa ou duas gerações, seja qual for o regime político.
A questão é de falta de cultura cívica do povo português em geral, não de regime político.


Comentar post

mais sobre mim
Março 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


posts recentes

PELO NOSSO IRMÃO MARCOS, ...

Canção do Volfrâmio

Bom Natal a todos!

O Primeiro Lugar da Poesi...

dramátia Aldeia ao abanon...

RAMOS ROSA E O SEGREDO O...

Recuperação do Património...

As viagens Iniciàticas de...

Os Talassas

Saudade Estranha

Tradição e Pragmatismo

Romance da Branca Lua

Cavaco e o canto da Maria

Crónica do Bairro Alto – ...

Uma História do Arco Da V...

Chá de Erva da Jamaica

Cada cabeça sua sentença!

Tribunal Constitucional ...

Até um dia, companheiro!

Meu último quadro

Paul, o dragão

A Terra Dos Cegos

A venda de uma vaca

Os Insensatos

Nostálgia...

O "Assalto" ao Castelo d...

A Conjura dos Animais

Lenda do Cruzeiro de Saca...

Boas festas!

tatoo

arquivos

Março 2014

Fevereiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Dezembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Junho 2011

Maio 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

links
Visitas
blogs SAPO
subscrever feeds